Perguntas Frequentes Sobre Criminal e Disciplina

O que fazer se você for preso

Infelizmente, há momentos em que uma pessoa se envolve em uma situação que leva à sua prisão. Se você for preso, é extremamente importante que você siga estas poucas instruções simples que ajudarão a proteger seus direitos.

  1. Se você for preso, ligue para o seu advogado. É importante obter representação imediatamente.
  2. Permaneça em silencio. Além de fornecer à agência detentora seu nome, número de telefone, endereço e outras informações sobre pedigree, NÃO discuta os fatos do caso com o oficial detentor. Qualquer coisa que você disser pode e será usada contra você em um tribunal. As declarações nunca devem ser feitas sem a presença de um advogado.
  3. Se você for preso, é melhor manter a calma, calma e calma. Quanto mais rápido o órgão detentor puder concluir a documentação necessária, mais rápido você poderá ser libertado da custódia. O local apropriado para contestar a legalidade de sua prisão é em um tribunal, não na delegacia de polícia, e quanto mais cedo você chegar na frente de um juiz, melhor.
  4. Se você for preso e a agência detentora não ler seus avisos de Miranda, isso não significa que o caso deve ser julgado improcedente. O único momento em que os avisos de Miranda devem ser lidos é se a agência detentora estiver tentando fazer perguntas ou tentando interrogá-lo enquanto você estiver sob custódia. Se a agência de detenção não tentar interrogá-lo, os avisos de Miranda não serão necessários.
  5. Depois de ser preso, você será levado à delegacia e permanecerá lá até que toda a papelada seja processada. Se for elegível, você poderá receber um Bilhete de Aparência de Mesa e ser liberado da delegacia; caso contrário, será retido para acusação.
  6. Depois que toda a papelada estiver concluída, você será levado à Central de Reservas e permanecerá lá até a denúncia. Antes da denúncia, um representante da Agência de Justiça Criminal o entrevistará para verificar seu endereço, número de telefone, histórico de emprego e histórico educacional. Essas informações são usadas pelo tribunal para ajudar a determinar se a fiança será ou não definida.

Depois que todas as etapas acima forem concluídas, você comparecerá ao tribunal para uma denúncia. Uma denúncia é um processo legal em duas etapas. Primeiro, você é formalmente informado das acusações em tribunal aberto. Segundo, um juiz determina se a fiança deve ou não ser definida. Se você ainda não contratou um advogado, o tribunal indicará um advogado para a acusação e, dependendo de suas circunstâncias financeiras, você poderá receber uma ordem para reter um advogado até a próxima audiência no tribunal.

Prior results do not guarantee a similar outcome.