English
Share

Criminal & penal: fatos

O que fazer em casos de prisão:

Infelizmente, há momentos nos quais uma pessoa se envolve em uma situação que leva à sua prisão. Caso você seja preso, é extremamente importante seguir estas simples instruções que lhe ajudarão a proteger seus direitos.

  1. Contate seu advogado. É importante obter representação legal imediatamente.
  2. Permaneça em silêncio (direitos miranda). A não ser para fornecer às autoridades seu nome, número de telefone, endereço e outras informações pessoais, não discuta os detalhes do caso com o policial que o está prendendo. Qualquer coisa que você diga será utilizada contra você no tribunal. As declarações nunca devem ser feitas sem um advogado presente.
  3. Se você for preso, é melhor permanecer calmo, sereno e controlado. Quanto mais rápido a autoridade que o está prendendo conseguir terminar o trabalho burocrático necessário, mais rápido você poderá ser libertado da custódia. O local apropriado para desafiar a legalidade da sua prisão é no tribunal, não no distrito policial, e quanto mais cedo você estiver frente a frente com o juiz, melhor.
  4. Se você for preso e a autoridade que o prender não ler seus direitos miranda (permanecer calado e falar somente na presença de um advogado), não significa que o caso deve ser desconsiderado. O único momento em que as advertências de miranda devem ser lidas é se o órgão estiver tentando fazer perguntas a você ou tentando interrogá-lo enquanto você estiver sob custódia. Se as autoridades não lhe procurarem para fazer perguntas, os direitos miranda não são exigidos.
  5. 5.       Após ser preso, você será levado ao distrito policial e permanecerá lá até que todo o trabalho burocrático tenha sido processado. Se qualificado, você pode receber uma nota de comparecimento ao balcão e ser liberado da delegacia, de outra forma, você será mantido detido em virtude de uma acusação.
  6. Depois de todo o trabalho burocrático ser concluído, você será levado ao registro central e permanecerá lá até a acusação prévia. Antes da acusação, um representante do departamento de justiça penal irá lhe entrevistar para verificar seu endereço, telefone, histórico de empregos e nível educacional. Estas informações serão utilizadas pelo tribunal para ajudar a determinar se haverá ou não fiança.

Após todos os requisitos terem sido cumpridos, você comparecerá perante à corte para a acusação formal. A acusação é um processo legal de duas etapas: primeiro, você é formalmente informado das denúncias em um tribunal público. Segundo, um juiz determina se é necessário ou não estabelecer uma fiança. Se por ventura, você ainda não tenha contratado um advogado, o tribunal nomeará um advogado para a acusação (promotor público) e, dependendo das suas circunstâncias financeiras, pode ser exigido que você contrate um advogado para a próxima aparição no tribunal.


A Koehler & Isaacs LLP é um escritório de advocacia localizado em New York – NY. Nós oferecemos aos nossos clientes uma grande variedade de serviços legais, entre eles, acidentes pessoais, relações trabalhistas, defesa criminal, defesa civil, crimes federais, transações imobiliárias, falência, imigração, casamentos, litígios e outras causas na área de New York, incluindo os condados de Westchester, Ulster, Rockland, Dutchess e Nassau.



© 2017 Koehler & Isaacs LLP
61 Broadway, 25th Floor, New York, NY 10006
| Phone: 917-551-1300
26 Ferry Street, Suite 1, Newark, NJ 07105
| Phone: 862-240-1900

Especialidades legais | Acidentes pessoais | Relações trabalhistas | Criminal & penal | Defesa em crimes federais | Mercado imobiliário | Direito em geral | Imigração | Casamentos | Litígio | Informações | Advogados | Notícias | Firma | Portuguese

Facebook

Attorney Website Design by
Amicus Creative